Escolha de Servidores Seriais Industriais

Servidores Seriais Industriais e IoT

Escolha de Servidores Seriais Industriais

Servidores Seriais Industriais e IoTQue critérios devemos ter em mente ao se selecionar Servidores Seriais Industriais? Há funcionalidades essenciais a ser levadas em consideração neste processo. Conversores Ethernet, bem como Gateways Modbus e de outros protocolos devem ser selecionados conforme a aplicação.

Existem realmente inúmeras vantagens em se utilizar uma mesma plataforma de comunicação em plantas industriais. Isso se torna especialmente importante em grandes complexos industriais. Custos com estoque de peças de reposição para uma grande diversidade de equipamentos, necessidade de treinamento em diversos protocolos e elevada complexidade são alguns obstáculos vencidos pela integração.

Nesse cenário, as redes Ethernet têm se tornado onipresentes em ambientes industriais, devido à simplicidade e o custo. A substituição de equipamentos em funcionamento é um processo dispendioso e inviável. Assim, os servidores seriais industriais, que incluem desde conversores Ethernet mais simples até complexos gateways Modbus atendem a essa demanda industrial.

Servidores Seriais Industriais e as Solicitações Múltiplas

poolingEstabelecer comunicação entre servidores seriais industriais e um sistema supervisório em geral é uma tarefa simples. A maioria dos mesmos já possuem drivers para a recepção de pacotes com encapsulamento serial, vindos diretamente de conversores Ethernet. No caso de gateways Modbus, há até mesmo drivers específico para tais.

No entanto, estamos presenciando hoje em dia o crescimento do envio de dados para nuvens públicas ou privadas pela IoT (Internet das Coisas). Assim, os servidores seriais industriais necessitam receber e enviar dados para múltiplos locais simultaneamente. Para isso, precisa possuir o recurso de multiple pooling. Este consiste em gerenciar a conexão do dispositivo serial com múltiplos servidores.

Caso o servidor serial industrial não suporte o multiple pooling, será necessária a adição de um gateway IoT para esta função. Este faria a troca de informações entre os diferentes destinos, mantendo a comunicação única com o servidor serial. As desvantagens são óbvias: onera o sistema por adicionar equipamentos de automação ao mesmo. Também aumenta o tempo de engenharia do produto, pois o integrador terá que configurar não somente o servidor serial industrial como também o gateway IoT.

Divisão de Pacotes Ethernet

packetsMuitos dispositivos seriais utilizam protocolos proprietários. Por isso, uma grande dificuldade encontrada no uso de conversores Ethernet é a forma como os dados seriais são encapsulados nos pacotes TCP ou UDP. Isso pode gerar descontinuidades na transmissão de dados, que impossibilita a comunicação. Então, é muito importante que o servidor serial industrial possua opções de flexibilidade de empacotamento dos dados seriais. Algumas opções importantes: quantidade de dados nos pacotes, delimitador, tempo de pausa entre pacotes, dentre outras.

No caso de protocolos proprietários, poupa-se muito tempo e esforço utilizando-se conversores Ethernet que já possuam a compatibilidade específica. Há gateways Modbus, por exemplo, que já encapsulam os dados seriais de um modo que possam ser facilmente decodificados pelos servidores que os solicitam. O mesmo pode ser encontrado em outros protocolos.

Caso não seja levado este ponto em consideração, a única outra alternativa seria tratar os dados através de software desenvolvido especificamente para este fim, tornando a integração mais cara e demorada.

Otimização de Tráfego de Rede

Servidores Seriais IndustriaisOs servidores seriais industriais devem primeiro estabelecer uma conexão TCP ou UDP a uma sala de controle ou a uma aplicação em nuvem para iniciar a comunicação. Isso não é problema caso existam poucos dispositivos para conectar. O problema surge à medida que mais dispositivos são incluídos na rede; maior largura de banda será necessária para evitar atrasos na transmissão. Servidores seriais industriais devem possuir o recurso de otimização de tráfego, em que o mesmo estabelece a conexão, transfere os dados necessários, e fecha a conexão o mais rápido o possível. Sem esse recurso, a rede ficará bem pesada.

Com a otimização do tráfego, o custo do sistema também fica otimizado, pois a infraestrutura da rede local pode ficar mais leve. Com o fluxo de dados menor, há menor risco de perdas de dados, o que pode ser crucial para a boa operação do sistema. Este recurso proporciona uma aquisição de dados mais eficiente e confiável.

Aproveite ao Máximo seus Dispositivos Seriais!

A equipe técnica da LRI está preparada para ajudá-lo a especificar conversores Ethernet, gateways Modbus e todo tipo de servidores seriais industriais que a sua planta industrial necessita. Trabalhando com fabricantes com reconhecimento mundial, a LRI possui condições técnicas de fornecer exatamente o que você precisa.